Rede Justiça Criminal

Soma de esforços e expertises a favor da construção de um sistema criminal mais justo potencializam resultados buscados pelo IDDD

Diretores responsáveis: Hugo Leonardo

Aproximando-se de organizações que também trabalham pela construção de um sistema de justiça criminal mais justo e eficiente,  pelo acesso à justiça e pela defesa dos direitos humanos, o IDDD passou a integrar a Rede Justiça Criminal, ao lado de outras sete organizações da sociedade civil: CESeC (Centro de Estudos de Segurança e Cidadania), Conectas Direitos Humanos, Gajop (Gabinete de assessoria jurídica às organizações populares), DDH (Instituto de Defensores de Direitos Humanos), IDDD (Instituto de Defesa do Direito de Defesa), IDEAS (Instituto de Desenvolvimento de Ações Sociais), Instituto Sou da Paz, ITTC (Instituto Terra, Trabalho e Cidadania) e Justiça Global. A Rede estabelece anualmente temas e metas comuns para guiar sua atuação junto aos Poderes Executivo, Legislativo e Judiciário nacionais, cobrando de agentes públicos medidas para tornar o sistema de justiça criminal mais equilibrado e alinhado às garantias previstas na Constituição Federal.

A participação nesta Rede de organizações brasileiras, com apoio de Open Society Foundations e do Fundo Social A. Jacob e Betty Lafer, também abriu portas para que o IDDD fizesse parte da Red Regional para la Justicia Previa al Juicio de América Latina (“Rede Latinoamericana por Justiça Antes do Julgamento”, em tradução livre), uma rede similar que agrupa as organizações da sociedade civil de diversos países da América Latina que buscam reduzir o uso abusivo da prisão provisória em seus países.

Imprimir publicação Imprimir publicação

Veja também

Ver todos +

Clique paraabrir o projeto

Prova sob Suspeita

O projeto Prova sob Suspeita para produzir e compartilhar conhecimento e propor mudanças que enfrentem a precariedade das provas produzidas ao longo do processo penal, o desrespeito rotineiro às garantias individuais, e a violência e o racismo que caracterizam o sistema de justiça criminal brasileiro.

Clique paraabrir o projeto

Mães Livres

O projeto #MãesLivres nasceu em novembro de 2017 para tirar o Marco Legal de Atenção à Primeira Infância do papel e devolver as mães da Penitenciária Feminina de Pirajuí, no interior de São Paulo, aos seus filhos.

Clique paraabrir o projeto

Olhar Crítico

Projeto que propõe diálogo com jornalistas e estudantes de jornalismo tem o objetivo de discutir a cobertura de casos criminais pela imprensa e a importância da observância do direito de defesa e da presunção de inocência pela mídia

Clique paraabrir o projeto

Litigância Estratégica

A litigância estratégica é uma das áreas que mais tem ganhado força e espaço no IDDD. Com ela, pretende-se alterar a jurisprudência, buscando decisões e entendimentos mais justos e atentos ao direito de defesa e garantias individuais